Siga-nos
  • Facebook
  • G+
  • Twitter
  • Orkut

Prejuízo com Estragos Causados Pelas Chuvas

Postado Por: Nelson Lima em 25 de novembro de 2015.


Prejuízo com Estragos Causados Pelas Chuvas já Superam os R$ 2 Milhões 

A Prefeitura de Umuarama ainda está contabilizando os prejuízos causados pelas chuvas dos últimos dias. A primeira estimativa, feita durante uma reunião entre vários secretários na manhã desta terça-feira, 24, chegou ao montante de R$ 2 milhões, somando os custos para recuperação de estragos causados nas ruas, avenidas e pontes da área urbana e também os danos registrados na extensa malha de estradas rurais em leito natural (sem pavimento) do município, que passa dos 500 quilômetros.

O secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Gestão Integrada, Antônio Carlos Favaro, conduziu a reunião, que contou com a participação dos secretários de Serviços Públicos, João Paulo dos Santos; de Serviços Rodoviários, Cláudio Marconi; de Defesa Social, Paulo Roberto Fernandes; de Obras e Planejamento Urbano, Jefferson Oncken da Silveira; e de Habitação e Projetos Técnicos, Márcio Maia, além de funcionários das áreas de Assistência Social e Comunicação.

“Mais uma vez Umuarama é atingida por um volume impressionante de chuvas. Os estragos maiores apareceram após um período de 30 minutos, quanto choveu cerca de 40mm (média de 80mm por hora), mas a chuva vem caindo com frequência desde a última quinta-feira, 19, e amolecendo o solo. Esse volume de precipitação e a limitação na capacidade de escoamento das galerias faz com que toda essa água corra por cima do asfalto e os problemas se tornam inevitáveis”, avaliou o secretário Favaro. A Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab) registra um índice acumulado de 282mm de chuva no mês. Só entre segunda e as 9h desta terça-feira, choveu 49,8mm em Umuarama.

A preocupação do município no momento é garantir as condições de acesso e circulação para a população, conter processos erosivos e reparar estruturas atingidas. “Estamos realizando um esforço coordenado para que os prejuízos sejam amenizados onde for possível e também para garantir que os moradores possam se deslocar. A recuperação total vai ser demorada, exigirá investimentos volumosos e dependerá do bom tempo. A exemplo desta terça, a previsão é de mais chuvas para os próximos dias”, acrescentou.

Conforme o balanço apresentado pelos secretários, cinco famílias tiveram as casas atingidas pela enxurrada no Parque Industrial e outra no Tarumã. Não houve famílias desalojadas, mas o trabalho foi grande para limpar as moradias e alguns móveis se perderam. A Secretaria de Assistência Social distribuiu colchões e cestas básicas para os mais necessitados e a Defesa Civil acompanha a situação estrutural das casas, para que as famílias não corram riscos.

O Industrial foi um dos bairros mais atingidos. As galerias da parte alta daquela região não comportaram o volume da chuva. A água que desceu com força pela rua Jorge Carlos Jardim, levando parte do aterro da quadra coberta que está sendo construída ao lado da ampliação da Escola Municipal Analides Caruso e atingiu casas na rua 4 e esquina da rua 2 com a Avenida Industrial. Longos trechos de asfalto foram arrancados pela enxurrada e bueiros também foram destruídos.

Cabeceiras e laterais de pontes foram danificadas, nos bairros Primeiro de Maio e Parque Laranjeiras e também na zona rural. Houve danos ao pavimento também nos conjuntos Ouro Preto e Córrego Longe. No Conjunto Sonho Meu também havia risco de alagamento por acúmulo de água – situação monitorada pela Defesa Civil. Muros de algumas residências não suportaram o volume de água e ruíram, porém sem registro de feridos.

Pelo menos 17 ruas foram seriamente danificadas. Serão necessárias mais de 500 toneladas de massa asfáltica para recomposição do pavimento, além da recuperação de solo cimento, sarjetas, meio-fio e bocas de lobo. “Em vários trechos tivemos rompimento de galerias pluviais e no Complexo Poliesportivo a erosão avançou ainda mais sobre a Avenida Parigot de Souza, no sentido ponto que está interditado desde as chuvas do meio do ano. Um trecho de asfalto ruiu. Na outra pista, um buraco surgiu na tarde de segunda-feira, mas fizemos reparos e o trânsito já foi liberado”, disse o secretário João Paulo dos Santos.

O secretário Cláudio Marconi afirmou que houve problemas em quase 80% das estradas rurais do município. “Muitas curvas de nível estouraram, despejando um grande volume de água nas estradas e causando interrupção do tráfego em alguns trechos. As esquipes estão percorrendo esses pontos e fazendo uma recuperação emergencial, onde é possível, para assegurar a passagem. Mas o trabalho definitivo só poderá ser feito quando a chuva parar”, completou.

Compartilhe:



Comentários | Comente pelo Facebook:



Deixe uma resposta


Destaques Regionais
Classificado-Imóvel-Altônia
Excelente Oportunidade de Imóvel
Excelente oportunidade, imóvel com 450 m² em frente da Rodoviária em Altônia com duas lojas e ampla área nos fundos....

Umuarama entre as Melhores Cidades do Paraná
Umuarama manteve a evolução medida pelo IFDM, que acompanha anualmente o crescimento socioeconômico dos mais de 5,5 mil municípios brasileiros....
FIP-Lançamento-Pós-Graduação-Id
FIP Lança Cursos de Pós Graduação
FIP Lança Cursos de Pós Graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional. A cerimônia foi realizada no Centro Cultural Alessandra Alves de Oliveira Kin...
Qualidade-Total-2017-Alegria-Id
Alegria em Noite de Gala em Altônia
A Alegria foi a marca da Noite de Gala no Clube SERA em Altônia na entrega do Prêmio Qualidade Total concedido pela Impacto Pesquisas. Confira detalhes, fotos...



Conteúdos Relacionados

Classificados
SM-Luiz-Oferta-Maluca
Oferta Maluca do Supermercado Luiz
Confira as ofertas da Quarta Maluca do Supermercado Luiz, válidas para 18 de Outubro de 2017.
Depósito-Aliança-PROMO-CIMENTO-OUTUBRO-ID2
Oferta Relâmpago do Depósito Aliança
Confira a Oferta Relâmpago do Depósito Aliança Altônia: Cimento Cauê Saco com 50 kg por apenas R$ 21,50 a unidade . Promoção válida de 23 a 28 de Outubro de 2017 para compras acima de 30 Sc.
SM-Mendes-13-OUT-2017-MT-Id
Feira e Outubro Rosa no Mendes
Hoje tem Feira e o folheto Outubro Rosa no Supermercado Mendes, ligado à Rede Nova Plus, válidos até 21 de Outubro de 2017.
SM-Bom-Preço-TQV-Id2
Terça e Quarta Verde do Bom Preço Max
Diretamente do Produtor o Supermercado Bom Preço Max traz mais Saúde, mais Qualidade e mais Economia para esta Terça e Quarta Verde. Confira o folheto válido para 17 e 18 de Outubro de 2017.
  • Voltar
  • Avancar