Siga-nos
  • Facebook
  • G+
  • Twitter
  • Orkut

Prefeitura Adota Medidas Emergenciais

Postado Por: Nelson Lima em 27 de novembro de 2015.


Prefeitura Adota Medidas Emergenciais e Expediente Volta em Tempo Integral

 O levantamento completo dos prejuízos causados pelas chuvas dos últimos dias ainda não está completo, mas a Prefeitura de Umuarama já definiu ações para resolver os problemas mais urgentes. O município contratará mão de obra, materiais (massa asfáltica, cimento e outros) e horas máquina em regime de emergência e deslocará todo o efetivo das secretarias municipais de Obras, Serviços Públicos e Serviços Rodoviários para agilizar o trabalho. Outra medida é a volta do atendimento em tempo integral em todos os setores da administração. A partir desta quinta-feira, 26, a Prefeitura volta a abrir ao público das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

As decisões foram tomadas em reunião com a maioria dos secretários municipais, coordenada pelo secretário Antonio Carlos Favaro (Agricultura, Meio Ambiente e Gestão Integrada), nesta quarta-feira, 25. Confirmando as previsões, a chuva continuou firme em Umuarama na terça, 24, e na manhã desta quarta, 25, mais problemas surgiram devido ao grande volume de água. Além do asfalto arrancado em longos trechos e das bocas de lobo destruídas em diversos pontos da cidade, a chuva danificou pontes e uma delas – no acesso ao Jardim São Cristóvão – teve de ser interditada.

Novos levantamentos estão sendo feitos para quantificar o tamanho do prejuízo causado pelas chuvas, que na terça-feira já passava dos R$ 2 milhões. “Decidimos abrir mão do expediente reduzido adotado por medida de economia) para atendermos à demanda de serviços que tem aumentado em razão das chuvas. Estamos empregando todo o efetivo e realizando os esforços possíveis para recuperar os pontos mais atingidos, num primeiro momento, e garantir o trânsito de veículos e pedestres. A recuperação plena da infraestrutura ainda vai levar alguns meses”, explicou Favaro.

O secretário de Obras, Jefferson Oncken da Silveira, lembrou que o volume de chuva tem sido tão grande que os problemas não acontecem apenas na cidade. “A rodovia PR-323 foi interditada total ou parcialmente em três pontos, entre Umuarama e Cianorte. Outra rodovia, entre Paranavaí e Amaporã, também está interditada. A Estrada Boiadeira está interrompida em vários trechos – tanto na parte pavimentada quanto de leito natural. A chuva está castigando a região de uma forma que não há como evitar transtornos”, comentou.

Além do trecho não pavimentado da Boiadeira, que margeia Umuarama, as estradas rurais do município foram bastante atingidas pelas chuvas. São Mais de 500 km em leito natural, com muitos pontos de alagamento, curvas de nível e caixas de contenção estouradas, erosão e aterros comprometidos. “Estamos liberando as obstruções para que o trânsito seja restabelecido, mas a recuperação total é trabalho de longo prazo”, afirmou o secretário de Serviços Rodoviários, Cláudio Marconi.

ESTRAGOS

Nesta quarta, os secretários municipais percorreram vários trechos para avaliar os problemas e encaminhar soluções. “Os danos às pontes são sérios e resultam em interdições, bloqueios e dificuldades para o trânsito. No acesso ao São Cristóvão, parte do aterro afundou e a passagem foi interrompida. A ligação ao bairro está sendo feita pela outra ponte, próxima à estação de tratamento de esgoto da Sanepar”, informou o secretário João Paulo dos Santos (Serviços Públicos).

Jefferson da Silveira (Obras) afirmou que a estrutura da ponte não foi afetada. “Vamos descobrir o que causou o problema com escavações, assim que o tempo melhorar. Pode ser rompimento de galerias, ou da rede de água da Sanepar – uma vez que o bairro ficou sem abastecimento – ou outros fatores. A recuperação será feita após identificarmos e solucionarmos a origem do problema”, afirmou.

Uma grande cratera surgiu no canteiro central da Avenida Ângelo Moreira da Fonseca, próximo ao trevo do Posto Gauchão. Houve rompimento de encanamento de água da Sanepar e das galerias pluviais. O buraco chegou à margem da avenida e caso chuvas persistam pode ‘engolir’ parte da pista. O local foi sinalizado e a Prefeitura avalia o que precisa ser feito no local, para restaurar o aterro e garantir segurança em um dos acessos mais utilizados para a conexão entre a rodovia PR-323 e o perímetro urbano da cidade.

Outras pontes que apresentaram problemas foram as do Parque Laranjeiras, com a erosão avançando pelos bueiros, ainda sem necessidade de interdição, e no Parque Primeiro de Maio. A ligação ao bairro pela Rua Alfredo Bernardo está sendo feita em meia pista. A ponte apresenta erosão na lateral e buraco em um poço de visita da tubulação de esgoto. Nas proximidades do Lago Tucuruvi a enxurrada arrancou parte do asfalto e chegou a abrir valetas em uma rua. No Córrego Longe, a rua Havana foi interditada e outras vias do bairro também foram castigadas. “Não é possível recuperar de imediato todos os estragos. Trabalhando para garantir o trânsito e amenizar os transtornos à população, mas o trabalho completo levará meses. Por isso as contratações emergenciais são importantes e necessárias”, completou Antonio Favaro.

Além da recuperação da infraestrutura, a Secretaria Municipal de Assistência Social tem atendido às famílias do Parque Industrial que tiveram as casas alagadas. Três famílias que perderam mantimentos e móveis receberam colchões e cestas básicas. Duas receberão ainda auxílio financeiro, pois deverão deixar as moradias que estão em área de risco, além de serem ocupações irregulares. O auxílio é temporário, para custeio do aluguel, até uma solução definitiva.

A reunião desta quarta-feira contou com a participação dos secretários municipais de Obras, Jefferson da Silveira; Serviços Públicos, João Paulo dos Santos; Agricultura, Meio Ambiente e Gestão Integrada, Antônio Favaro; Administração, Armando Cordts Filho; Defesa Social, Paulo Roberto Fernandes; Habitação e Projetos Técnicos, Márcio Maia; Serviços Rodoviários, Cláudio Marconi; Procuradoria Jurídica, Marcelo Gomes do Vale; e Comunicação, Valdir Miranda.

Compartilhe:



Comentários | Comente pelo Facebook:



Deixe uma resposta


Destaques Regionais

Cerimônia Homenageia Servidores Aposentados
Nesta sexta-feira, servidores municipais que se aposentaram em 2015, bem como pensionistas, foram homenageados pelo prefeito Moacir Silva com um café no anfite...

Atraso nas Obras do Lago Aratimbó
O prefeito Moacir Silva determinou a instauração de processo administrativo com base na Lei 8.666/1993, a fim de apurar inexecução do contrato para a revita...

PA Entra no Clima de Natal
PA Entra no Clima de Natal com Decoração Montada pelos Servidores  Os servidores que atuam no Pronto Atendimento Municipal fizeram uma decoração especial ...
Douglas-Alberto-Coaching-03-A-Id
Nota Fiscal Eletrônica
Em 2003 o governo começou uma revolução nos documentos estaduais. Na época, já sabendo os rumos da tecnologia, implantaram a primeira Nota Fiscal Eletrôni...



Conteúdos Relacionados

Classificados
SM-Bom-Preço-Presença-na-Feicalt-ID1
Confira Ofertas do Sucesso da FEICALT
A 4ª FEICALT, que contou com a presença do Bom Preço Max, foi um grande sucesso. Confira as ofertas do pós Feira, validas até 23 de Setembro de 2017, nas lojas de Altônia e Iporã.
SM-Luiz-Terça-Maluca-Id
Oferta Maluca do Supermercado Luiz
Confira as ofertas da Terça Maluca do Supermercado Luiz, válidas para 19 de Setembro de 2017.
Feicalt-Altônia-Faz-Id2
Grande Sucesso na 4ª FEICALT
Com o tema Altônia Faz, será realizada a quarta edição da FEICALT - Feira de Indústria Comércio e Serviços de Altônia. Serão três dias de exposição no Centro Esportivo Paulo Vatanabe Junior.
SM-Mendes-Feira-no-Mendes-Id
Feira e Setembrão da Economia no Mendes
Confira o Setembrão da Economia do Supermercado Mendes, ligado à Rede Nova Plus. Ofertas válidas até 20 de Setembro de 2017. Veja também ofertas da Feira no Mendes.
  • Voltar
  • Avancar